Perguntas e respostas

  • Freqüentemente quando estou estressado perco peso rápido e tenho dificuldade em restabelecer meu peso ideal. O que posso fazer?

    Muitas vezes quando a pessoa se depara com situações que afetam sua vida, mas que ela não tem controle para mudar, tende a controlar o seu apetite como uma forma de compensação. Embora este processo seja em geral inconsciente, o resultado da perda de peso é real e observável. Em primeiro lugar, procure identificar e avaliar sua perda de peso. Está realmente relacionada às pressões e adaptações que sofre no momento? Se não estiver seguro desta relação talvez possa conversar com seu endocrinologista ou nutricionista. Se a perda de peso está relacionada ao seu estado emocional, siga as seguintes sugestões: se você não tem controle sobre o que lhe aflige certamente pode aprender a controlar a maneira como está reagindo à sua aflição. Use alguma técnica de relaxamento tendo como base a respiração abdominal. A seguir, considere a formação genética da sua família – se as pessoas são gordas ou magras – para que possa estabelecer objetivos realistas; pratique exercícios físicos regularmente pelo menos três vezes por semana. Ele manterá os seus músculos firmes e poderá aumentar o seu apetite; faça pelo menos três refeições por dia complementando-as com dois ou três lanches nos intervalos. Escolha comidas mais nutritivas e calóricas, evitando comidas diet, light, açucaradas e gordas. Também adote hábitos saudáveis, por exemplo, a cafeína é um supressor do apetite, portanto evite-a nos períodos de perda de peso. Um cálice de vinho nas refeições pode estimular seu apetite. E, muito importante, cuide do seu sono. Um corpo cansado, principalmente quando você se sente estressado, irá interferir negativamente na sua qualidade de vida.


  • Gosto de festas, mas minha companheira não gosta. Termino não indo. Essa frustração pode interferir na minha vida em outras áreas?

    A sua frustração pode causar-lhe stress e diminuir a qualidade do seu bem-estar. É importante que você avalie a situação decidindo se essa é a melhor decisão para você tomar. Supondo que sua companheira mantenha uma postura inflexível e não havendo por isso possibilidade de negociação, considere:

    1) Por que é tão importante para você satisfazer as expectativas e decisões da sua companheira?

    2) Que gratificação você tem quando não faz o que quer para contentar essa pessoa? e

    3) Como pode compensar a satisfação frustrada de ir a uma festa em outra atividade que lhe dê prazer? É crítico que concilie a sua decisão consigo mesmo para não sentir ressentimentos e culpas.


  • Há algum tempo fui fazer uma homenagem a um colega e tive um branco. Senti-me super humilhado e desde então não consigo mais falar em público. Como posso reverter essa situação?

    Geralmente, a pessoa que sofre de fobia social concentra seu medo numa situação específica, como, por exemplo, comer ou falar em público ou escrever um cheque com medo de tremer. O medo pode ser tão fora de controle que altera completamente a vida do indivíduo. Essas pessoas pensam e funcionam normalmente, com exceção das situações que lhes causam ansiedade, geralmente, algum tipo de contato social. Por isso se tornam conhecidas como fóbicos sociais. Elas necessitam aprender técnicas de autocontrole e a restruturar suas mensagens negativas para controlar as mudanças fisiológicas e emocionais resultantes do estado ansioso.


  • Há alguma base científica indicando benefícios para o uso da visualização em relaxamento?

    Diversas pesquisas consistentemente demostram que as pessoas que usam técnicas de visualização são mais saudáveis emocionalmente e criativas. As imagens mentais propiciam uma âncora psicológica segura que permite à pessoa ser mais eficiente ao lidar com eventos estressantes. A visualização também pode ajudar-lhe a atingir seus objetivos, fortalecer o sistema de imunidade e a vencer os medos que lhe impedem de ser independente e bem sucedido. A visualização pode ser orientada ou espontânea. Ela é orientada quando outra pessoa dirige o relaxamento, fazendo sugestões do lugar e da situação que você irá visualizar. A espontânea parte das necessidades internas da própria pessoa, podendo apresentar-se através do fluxo livre de pensamento ou livre associação. Qualquer pessoa pode usar a técnica de visualização, cujo índice de sucesso oscila entre 80 e 85% quando usada corretamente. Se for uma mudança de comportamento como parar de fumar, controle de peso ou fobias, é aconselhável que a pessoa tenha uma breve orientação profissional para que possa aprender os quesitos básicos que possibilitem seu sucesso.


  • Meu marido é super fechado e responde às minhas perguntas com monossílabos. Tento estabelecer um diálogo mas aí ele me acusa de falar demais. Fico super estressada porque ele me chama de bisbilhoteira. Como devo agir?

    Certamente toda pessoa necessita ter sua privacidade, mas isto não quer dizer ser misteriosa. Se seu marido se recusa a dialogar, ele está essencialmente se alienando do relacionamento. Se a situação persistir, poderá afetar a confiança mútua e a intimidade do casal. É claro que você não tem controle sobre a decisão dele de dialogar. No entanto, poderá expressar seu pensamento (suas necessidades, medos e frustrações) e perguntar se a sua maneira de ser (comportamento, atitude) está causando empecilhos para que o diálogo ocorra.


Faça uma busca por palavras-chave

Copyright © ISMA-BR 2001
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial.
ISMA-BR - International Stress Management Association no Brasil
CNPJ: 03.915.909/0001-68
Rua Padre Chagas, 185 conj. 1104
Moinhos de Vento
90570-080 Porto Alegre, RS
+55 51 3222-2441
stress@ismabrasil.com.br