Perguntas e respostas

  • Com freqüência acordo com meus maxilares doloridos. Isto quer dizer que estou tensa?

    Acordar com os maxilares doloridos e morder os dentes pode ser um sintoma de tensão muscular. A articulação temporomandibular (ATM) é afetada pelos músculos e ossos dos maxilares e pela mordida. As pessoas que internalizam o seu stress tendem a morder ou ranger os dentes quando dormem, acordando com dor de cabeça ou com os maxilares doloridos. No tratamento de biofeedback, usa-se um aparelho chamado eletromiografia (EMG). Ele é usado para quantificar o nível de contração muscular. A pessoa recebe informação visual e auditiva do EMG quantificando a tensão dos músculos através de eletrodos colocados sobre a articulação. Depois, aprende a relaxar os músculos faciais incluindo o couro cabeludo, testa, maxilares e pescoço. É importante ter uma avaliação dental para identificar as causas do problema. Você pode exercitar os músculos dos maxilares para restabelecer uma movimentação normal e aumentar sua flexibilidade. Simule um bocejo - gentilmente abra e feche a boca, mantendo os dentes superiores e inferiores alinhados, enquanto pratica a respiração abdominal.


  • Com freqüência tenho pesadelos. Como evitá-los?

    É normal que se tenha esporadicamente um pesadelo. Mas se o seu problema é crônico, faça algumas mudanças. Entre as formas de tratamento disponíveis, as técnicas de relaxamento têm sido muito usadas. Você pode pensar sobre o pesadelo aprendendo a mudar mentalmente o desenrolar do sonho. Isso ajudará a diminuir o seu nível de ansiedade. O álcool e as drogas podem agravar essa condição. Também procure exercitar-se regularmente, mantendo uma alimentação saudádel e controlando o consumo de bebidas alcoólicas e cafeína que agravam sua condição. Pratique técnicas de relaxamento, principalmente a respiração abdominal, para diminuir o impacto da ansiedade, fadiga, inquietação e depressão ralacionados à pouca qualidade do sono.


  • Como há meses ando cansada e desmotivada minha família acha que tenho a síndrome da fadiga crônica. O que é isso?

    A síndrome da fadida crônica é uma doença bem mais rara do que os médicos e pacientes anunciam. Inclusive, sinais do possível vírus causador da síndrome não tem sido encontrados facilmente. No entanto, a fadiga crônica é uma doença real que afeta o sistema de imunidade e o cérebro. Os sintomas vão desde a sensação de cansaço às juntas doloridas e esquecimento. Seus portadores são obrigados a diminuir suas atividades normais e alguns ficam confinados à cama por semanas ou meses. As causas ainda são desconhecidas. Os sintomas da doença, que foram elaborados de acordo com o critério de diagnóstico expedido pelos Centros de Controle de Doença nos Estados Unidos, incluem:

    – Persistente ou recorrente fadiga severa pelo menos pelo período de seis meses.

    – Ausência de outro diagnóstico de doença física ou mental que justifique a fadiga.

    – Presença de pelo menos oito sintomas, entre eles febre, dor de garganta, dor nos nódulos linfáticos, fraqueza muscular, dor nos músculos, dor de cabeça, dor nas juntas, distúrbios de sono, problemas de raciocínio, esquecimento e fadiga prolongada depois de qualquer exerção física. Desses, febre, problemas de garganta e nos nódulos linfáticos são os mais comuns.


  • Como posso diminuir a síndrome pré-menstrual sem usar medicamento?

    A síndrome pré-menstrual pode ser aliviada com o relaxamento profundo. Isso é o que indicam estudos feitos nos Estados Unidos monitorando a atividade cerebral de mulheres por duas noites na semana anterior e posterior à menstruação. As mulheres testadas atingiram a onda cerebral chamada alfa, que é associada ao relaxamento mental. No entanto, aquelas que sofriam da SPM ficaram menos tempo em alfa. Durante o sono, elas também não atingiram o nível mais profundo, chamado delta. Nesse nível, o cérebro se recompõe de hormônios vitais, incluindo aqueles que diminuem a irritabilidade, a depressão e a ansiedade típicas da SPM. A pesquisa não revelou se a falta de ondas delta era a causa ou o resultado da síndrome. Independente da razão, as mulheres com sintomas da SPM podem fazer o relaxamento para limitar a atividade cerebral durante o período mais crítico e também como uma rotina diária.


  • Costumo antecipar situações sempre de maneira negativa. Isso pode influenciar meu comportamento?

    A maneira como você pensa tem uma influência poderosa sobre o seu corpo e a sua mente. Ela determina como você percebe a si mesmo e o mundo ao seu redor. Quando você interpreta sua percepção como real, comporta-se de acordo com ela, criando reações que reforçam sua percepção. Assim começa a criar sua própria realidade. Quando você justifica o que é ou faz com experiências negativas que ocorreram na sua vida, não apenas limita seu potencial como arranja desculpas para suas limitações. Há uma certa profecia implícita em cada antecipação negativa. Como a maioria das pessoas, você possivelmente tenta preservar suas opiniões intactas. Isso ocorre porque queremos adaptar a realidade às nossas percepções. Você precisa ter humildade para admitir quando está errada, coragem para não fazer profecias e curiosidade para conhecer aquilo que vai além da sua informação. Não deixe que sua maneira de pensar impeça-lhe de aproveitar as coisas boas da vida, limitando seu potencial de realização.


Faça uma busca por palavras-chave

Copyright © ISMA-BR 2001
Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial.
ISMA-BR - International Stress Management Association no Brasil
CNPJ: 03.915.909/0001-68
Rua Padre Chagas, 185 conj. 1104
Moinhos de Vento
90570-080 Porto Alegre, RS
+55 51 3222-2441
stress@ismabrasil.com.br